segunda-feira, maio 21, 2007

História exemplar


MR executou satisfatoriamente todas as manobras que o examinador lhe ordenou: virar à direita, virar à esquerda - sempre respeitando o "eixo da via," - estacionar, arrancar, pisca-pisca, ter atenção aos sinais, etc. O exame de condução estava a correr bem.
No final, o examinador manda-a estacionar em "espinha" junto de outro carro. Ela estaciona um palmo mais afastada do que devia. Ele manda repetir. A manobra continua a não o satisfazer: "Tenha atenção! Pense! Não tem cabeça para pensar?" Ela enerva-se. É reprovada.
Agora tem que pagar mais 300 euros para requerer novo exame.
Mas é justo. Seria um crime ter-lhe dado a carta. Já bastam os milhares de condutores incompetentes que circulam nas estradas portuguesas, matando-se (e matando) às centenas por não saberem estacionar devidamente um carro.

2 comentários:

cucasss disse...

um palmo mais afastada não é muito grave!!! grave... grave... é trocar o travão com a acelarador... isso sim! é grave!
e esta gente continua a conduzir como se nada fosse...

Anónimo disse...

Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!